A Jornada do Herói: o que é e como transformar suas apresentações com este conceito

Performance

A Jornada do Herói: o que é e como transformar suas apresentações com este conceito

Smartalk
Escrito por Smartalk em 30 de abril de 2019
FAÇA PARTE DA NOSSA ACADEMIA

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A Jornada do Herói é um dos conceitos que permeiam as grandes histórias, sejam elas da literatura, do cinema ou mesmo das grandes apresentações. Ele surge a partir da análise de Joseph Campbell, em seu livro O Herói das Mil Faces.

A construção de mitos e histórias épicas é tão antiga quanto a própria História da Humanidade.

Isso não é por acaso, afinal, nós humanos adoramos histórias. Ficamos encantados pelo modo como somos envolvidos por histórias de ascensão e vitória.

O que é algo que vai desde os Grandes Mitos da Mitologia Romana e Grega, até as jornadas dos heróis em filmes modernos, como Vingadores ou mesmo Star Wars.

Porém, quando se trata de apresentações, a Jornada do Herói também tem o seu papel. A ideia do Monomito ajuda a construir o Storytelling das apresentações que encantam e engajam todos que a acompanham.

Neste artigo, você vai conhecer sobre o conceito da Jornada do Herói. Veja os passos que orientaram Campbell nessa construção e como aplicá-lo para levar as suas apresentações a um outro nível.

O que é a Jornada do Herói

O escritor, pesquisador e professor universitário Joseph Campbell é a mente que está por trás da estruturação do conceito de Jornada do Herói.

Em seu livro, publicado originalmente no ano de 1949, O Herói das Mil Faces, Campbell analisou diversas histórias da humanidade, antigas, como a dos Mitos Romanos, e modernas, como a dos filmes escritos até aquela época.

Nesta análise, ele encontrou um padrão, que mais tarde ele classificou como técnica, à respeito das transformações em sequência que os personagens da trama passam, até que se transformem em heróis.

Um dos maiores estudiosos da obra de Campbell foi George Lucas, criador do universos de Star Wars.

Lucas é um declarado admirador da obra de Campbell e, em mais de uma oportunidade, contou como a Jornada do Herói o inspirou a criar uma das histórias mais famosas (e rentáveis) do cinema mundial.

A análise e os estudos de Campbell resultaram em uma espécie de fórmula, constituída de 12 etapas de um passo a passo, que podem levar ao sucesso a construção de qualquer história.

Vamos conhecer estes 12 passos a seguir.

Leia também: 17 técnicas de oratória para apresentações de impacto

Os 12 passos Jornada do Herói

1. Nosso mundo comum – Pouca compreensão de um problema

A Jornada do Herói inicia mostrando o personagem principal em sua vida normal, no seu cotidiano. Nesta hora, podemos conhecê-lo de forma humana, quem ele é, com quem vive e o que faz.

O interessante é que neste momento o público que ouve a história se conecta com o personagem, através de pontos em comum, como por exemplo, suas qualidades, seus defeitos, enfim, sua personalidade.

2. O chamado à aventura – Aumento da compreensão

Agora, o nosso Herói tem sua vida transformada da noite para o dia, por causa de um problema ou um conflito. E ele terá que deixar a sua vida pacata para trás e assumir riscos, para conseguir acabar com esse revés.

Neste etapa, o público se identifica com o Herói, à medida que ele está buscando resolver o seu problema.

O envolvimento com a história ocorrerá, principalmente, se quem a ouvir estiver na mesma situação, lidando com desafios no dia a dia ou buscando atingir um objetivo.

3. Negação ao chamado – Relutância à mudança

Após o chamado, o Herói fica com medo do que virá pela frente, quando ficará frente a frente com o grande desafio.

Esse medo faz com que ele, a princípio, se recuse a fazer algo e até mesmo tente ignorar a situação, para continuar com a sua vida normal.

Nos conectamos muito fortemente com esta etapa. Afinal é bem comum quando nos deparamos com um desafio novo, seja ele grande ou pequeno, que tenhamos medo de encará-lo.

Aqui, quem está acompanhando a história vai logo se identificar com o personagem e vai querer ir até o fim para saber se ele encara o problema de frente ou não.

4. Encontro com o mestre – Superação da relutância

Com o medo do novo, o Herói da história precisa de ajuda para decidir o que fazer, para percorrer a sua Jornada do Herói.

Ele, então, conhece alguém, geralmente mais velho e mais sábio, que se tornará seu mestre. É o encontro com o mentor! Este será o seu guia, que o ajudará a encontrar coragem e força para enfrentar os seus piores medos.

As conexões que criamos aqui está na lembrança daqueles momentos perturbadores pelos quais passamos na vida. E como nos lembramos de um conselho vindo dos pais ou de alguém a quem respeitamos e que nos motivou a encarar o desafio de frente.

Leia também: Os 9 melhores palestrantes do Brasil para se inspirar

5. Cruzamento do limiar – Mudança

Com a ajuda de seu mentor, agora o Herói está preparado para enfrentar o desconhecido. Está preparado para encarar de frente o problema e lutar até resolvê-lo.

Esta etapa também é conhecida como o Cruzamento do Primeiro Portal, pois é a primeira grande mudança que o Herói passa.

E aqui, estamos falando de mudanças que podem acontecer na nossa vida diária tais como uma mudança de casa ou um novo emprego, por exemplo. Enfim, coisas que vão mudar as nossas vidas.

Isso ajuda a envolver dos ouvintes, pois eles em algum momento da vida já passaram por tal situação e tiveram que cruzar essa linha da mudança.

6. Teste, parceiros e grandes adversários – A primeira mudança

A partir de agora começa a aventura e a Jornada do Herói torna-se mais emocionante. O nosso herói está diante de desafios pequenos, dificuldades e obstáculos que testam as suas habilidades iniciais, dando-lhe mais coragem e experiência.

Ele também descobre quem são seus verdadeiros amigos e aqueles que não são. Em quem pode confiar e em quem não pode.

Isso é bem similar com a vida real. Pequenos problemas nos fortalecem para grandes desafios. E são nessas horas que descobrimos quem realmente está do nosso lado.

7. O esconderijo – Preparativos para a mudança

Em algum momento da história, o Herói se abriga em um esconderijo, para enfrentar os seus medos.

Aqui, ele também se foca para aprender as regras que irão guiar o restante de sua Jornada, se preparando para vencê-la.

Esse tempo é aquele que damos na vida, para darmos um passo importante. Quando pensamos: “Será que devo seguir adiante?”

8. Provação – Tentativa de mudar

Agora o Herói enfrentará uma prova física, muito difícil. Ele terá que enfrentar e eliminar um inimigo mortal.

Podemos ter certeza que ele será capaz de enfrentá-lo. Porém, para vencê-lo, ele terá que juntar todos os seus conhecimentos e suas experiências. Isso significa a sua grande transformação de sujeito comum à um Herói.

9. Recompensa – Consequências de tentativas

Depois que o Herói enfrentou a Morte (seu grande inimigo) e saiu vitorioso, é hora dele receber a sua recompensa.

Essa recompensa do Herói geralmente vêm através do ganho de experiência e força. É aqui que tudo pelo qual passamos ganha sentido e faz valer a pena todos os desafios enfrentados e superados.

Apesar disso ele precisa manter o foco, pois a sua Jornada do Herói ainda não está completa.

10. Caminho de volta – Dedicação à mudança

Esse é um momento de análise na Jornada, o Herói terá que decidir entre realizar um desejo pessoal ou fazer algo em benefício de outros ao seu redor.

O medo do perigo aqui deu lugar a satisfação de ver a missão cumprida. Ele foi absolvido dos seus pecados por tomar a decisão correta e agora tem o perdão e o respeito de todos.

11. Ressurreição – Última grande mudança

Agora chegou a hora da última batalha. O inimigo do Herói reaparece. Agora, algo grandioso está para acontecer. Algo que irá colocar em risco todos ao seu redor. Seus amigos, sua família, sua cidade, tudo corre perigo.

E nessa etapa da Jornada, o Herói derrota o seu grande inimigo. É a vitória final! Ele renasce para uma vida verdadeiramente feliz e cheia de esperança.  

Quem já não teve os seus problemas solucionados? A conexão com que acompanha a história está na comoção pela vitória final, a qual todos nós perseguimos a vida inteira.

12. Retorno final – Resolução final do problema

Agora é hora do retorno à sua origem, de o Herói voltar para casa. É nesse retorno que ele irá mostrar o seu sucesso, a sua conquista e a sua mudança.

A Jornada do Herói chega ao fim e com aquela sensação de queremos saber mais, ter mais deste Herói.

E é assim que devemos deixar nossos ouvintes após uma apresentação. Eles devem querer nos ouvir ou ler uma história nossa novamente.

Aplicando a Jornada do Herói em suas apresentações

Todos nós somos os Heróis de nossa própria jornada e, contá-la a outras pessoas é sempre um momento do qual podemos nos orgulhar.

Na próxima vez que for realizar a apresentação de sua vida ou da jornada de sua empresa, aplicar os conceitos da Jornada do Herói irá permitir com que a audiência se conecte com a história.

Tornando a apresentação uma verdadeira aula de Performance e Conteúdo ao encantar o público!

Procure demonstrar e fazer analogias da sua história com a Jornada do Herói:

  • O desafio ao aceitar o chamado inicial, aquele o momento em que você ou sua empresa teve de se reinventar;
  • A recusa ou demora a aceitar o desafio, a dificuldade em perceber que é preciso mudar e fazer algo diferente;
  • O momento que o Herói encontra um mentor, quando você encontrou um novo sócio ou um novo mentor;
  • As provações, os aliados e inimigos que estiveram presentes durante a Jornada, e;
  • Por fim, como o desafio foi vencido e hoje, você ou sua empresa, são vencedores, os verdadeiros Heróis de sua própria Jornada!

Quer continuar aprendendo sobre as melhores formas de transformar a forma com a qual você realiza as suas apresentações?

Baixe o nosso Guia Completo sobre as Apresentações de Impacto. Aprenda a encantar sua audiência e transmitir sua mensagem com excelência.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

FAÇA PARTE DA NOSSA ACADEMIA